Inserir iframe num Post WordPress com shortcode

Adicione o seguinte código no seu arquivo functions.php

	function iframe_shortcode($atts, $content = null) {
 
		extract(shortcode_atts(array(
			'url'   => '',
			'scrolling'     => 'no',
			'width'     => '100%',
			'height'    => '500',
			'frameborder'   => '0',
			'marginheight'  => '0',
			'style'  => 'border:0',
		 
		), $atts));
	 
		if (empty($url)) return '';
		
		return '<iframe class="shortcode" src="'.$url.'" scrolling="'.$scrolling.'" width="'.$width.'" height="'.$height.'" style="'.$style.'" frameborder="'.$frameborder.'" marginheight="'.$marginheight.'">'.$content.'</iframe>';
	 
	}
	 
	add_shortcode('iframe','iframe_shortcode');

Para usar, basta seguir o exemplo abaixo e inserir no seu post:

[iframe url"http://leocaseiro.com.br/" width="500" height="300"]

Referência graphicbeacon.com

Liberar acesso externo no PHP para AJAX (crossdomain)

Estou num projeto onde utilizo o PHP para gerar alguns JSON e HTMLs que devem ser acessados de outro domínio.

Como eu queria acessar por AJAX usando o jQuery, eu precisava liberar o acesso externo com PHP. Afinal um domínio não consegue acessar outro por AJAX sem ter uma liberação.

Achei que a liberação seria muito difícil. Que eu precisaria habilitar por htaccess ou alguma coisa assim.

Mas é muito fácil!

Continuar lendo

Problemas ao contar caracteres com strlen do PHP

Problema

Estava validando uma string que tinha valor máximo de caracteres com a função strlen() do php.

Acontece que a função strlen() funciona muito bem para encoding iso-8859-1 ou quando a string não tem acentuação. Ou seja, quando a string tem um caracter acentuado a função retorna um strlen maior do que realmente deveria.

Para isso, devemos utilizar a função mb_strlen() que possui um segundo parâmetro, onde definimos qual o encoding utilizado.
Continuar lendo

A Linguagem influencia mais que o desenvolvedor?

Um colega de trabalhado, Felipe Campos, me enviou uma excelente apresentação que fala sobre a força do PHP.

Há uns dias atrás, o mesmo colega enviou o link de um post do José Milagre do Portal Imasters que causou um debate sobre a escolha entre PHP ou .NET.

Alguns programadores preconceituosos dizem que o PHP serve para trabalar com POG. Mas, você que programa em PHP se considera um moleque? Ou um programador que só faz gambiarras?

Eu não!
Sempre modelo minhas UMLs, estou migrando agora para MVC com a ajuda dos FrameWorks(comecei pelo CodeIgniter, mas estou querendo trabalhar com o ZendFramework).
E vão me dizer que é uma linguagem ruim, que só funciona com gambiarras ou é coisa de moleque?
Continuar lendo

Manual do PHP na própria Máquina em Português do Brasil (PT-BR)

Estava desenvolvendo uma classe aqui na minha máquina local e esqueci o nome de uma função. Eu entraria no site do php ou procuraria no pai dos burros, mas estava sem internet(percebi o quanto sou dependente de um site de buscas e da web).

Aí eu te pergunto se você(assim como eu) se encaixa em algum dessas opções

  • Você não conhece todas as funções do PHP
  • Você não lembra todos os nomes das funções ou as confude(afinal, errar é humano)
  • Você conhece uma função, mas não sabe se existe alguma semelhante ou que sirva melhor para seu algoritmo
  • Você deixa a página do php como inicial do seu navegador

É, acredito que se algum dia você desenvolveu, ou se ainda programa em PHP, se encaixa em um dos perfis acima.
Continuar lendo

Desenvolvedor Web precisa estudar mais do que Médico

Ainda me lembro de quando estava na 7ª ou 8ª série. Eu queria ser médico, acreditam? Sim. Adorava Biologia e Genética. Sonhava em ter um Dr. Antes do meu nome, mas desisti porque achei que teria que estudar muito.

Burro eu! Escolhi fazer um Curso Técnico em Informática, (só porque mexo em computadores desde pivete. Sempre eu que arrumava o PC da família, de amigos, etc) e desde então, nunca mais parei de estudar.
Será que um médico precisa estudar tanto quanto um programador Web?
Acredito até que nesta área precisamos estudar mais do que um programador de Softwares.
Continuar lendo

Trocando o $this do php4 por self no php5

Estava criando uma classe em um servidor de um cliente.
Como sempre, utilizo métodos ou atributos de uma mesma classe chamando por $this. E tive o mesmo problema que o Tiago Floriano.
Eu estava desatualizado na linguagem e tive um problema de sintaxes.

Mesmo sendo tudo php, o php5 melhorou sua performance e desempenho, principalmente com questões de OOP. Com isso, algumas sintaxes foram re-estruturadas.

Por isso, o meu código estava aparecendo o seguinte erro: Fatal error: Using $this when not in object context in
Continuar lendo