Ausente do Blog, presente no Twitter e estudando ZF

Este post é para os leitores assíduos deste blog(como se fossem muitos rsrs). Mas serve para quem gostaria de uma opinião sobre Framework PHP.

Gostaria de agradecer a todos que participam das discussões deste humilde Blog. Principalmente ao Felipe Ribeiro e ao Rodrigo Cacilhas pelos excelentes comentários e argumentações no A Linguagem influencia mais que o desenvolvedor? Que é de longe o post mais visitado do Blog.

Peço desculpas para todos os leitores de feed e a todos que esperam por novo conteúdo.

Neste ano de 2009, venho estudando muita programação e derivados, além de estar participando de vários projetos contínuos na MediaDev. Estudei diversos CMS para Ecommerces: O OsCommerce que virou Zen Cart, o PrestaShop e o excepcional Magento.

E com a dificuldade de otimização na maioria deles, juntando com a incompatibilidade do Servidor para a utilização do Magento. Well Rocha e eu concluímos que o melhor era utilizar um FrameWork.
Após estudarmos muito sobre o assunto e depois de ficarmos maravilhados com a modularidade do Magento, decidimos que ao invés de utilizarmos o CodeIgniter ou o CakePHP, o Zend Framework era o mais apropriado. Eu até comentei no post anterior que estava pensando em estudá-lo.
Continuar lendo

Como Instalar WordPress em Português do Brasil (PT-BR)

Para instalar o Wordpess, devemos primeiramente efetuar o download do arquivo mais recente e descompactá-lo em um servidor com PHP e MySQL, de preferência LAMP.
Existem 2 maneiras de configurarmos o Banco de Dados:
Se você for um usuário inexperiente, acesse a partir desta parte.
Se você for um usuários experiente, abra a pasta descompactada do arquivo WordPress e renomeie o arquivo wp-config-sample.php para wp-config.php, em seguida altere as seguintes variáveis:

// ** MySQL settings ** //
define('DB_NAME', 'digite_aqui_o_banco_de_dados');    // O nome do Banco de Dados
define('DB_USER', 'digite_aqui_seu_usuario');     // Seu usuário MySQL
define('DB_PASSWORD', 'digite_aqui_sua_senha'); // ...e senha
define('DB_HOST', 'localhost');    // Provavelmente você não precisará trocar este valor

Continuar lendo